sábado, 10 de junho de 2017

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTOS AQUÁTICOS TEM NOVO PRESIDENTE


Miguel Carlos Cagnoni é o novo presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos. Nesta 6ª feira (9/6), em eleição realizada na sede do IBEF (Instituto Brasileiro de Executivos em Finanças), o ex-presidente da Federação Aquática Paulista, conseguiu 64 votos para a sua chapa, a Inovação e Transparência, vencendo por ampla maioria. Miguel assume na próxima 2ª feira, 9/06, na seda da CBDA, nesta cidade. 
O pleito teve mais dois candidatos: Cyro Delgado, medalhista olímpico nos Jogos de Moscou/1980 (chapa Cara Nova) e Jefferson Borges, presidente da Federação Aquática do Mato Grosso do Sul (chapa Novos Rumos). Cyro obteve 26 votos e Jefferson, três. Ao todo foram 96 votos, tendo ainda dois em branco e um anulado. O colégio eleitoral era de 106 votantes mas 10 se ausentaram, sendo nove clubes e a Federação Piauiense de Desportos Aquáticos. 
Numa eleição histórica pelo ineditismo, entre os aptos a votar estavam o presidente do Conselho Nacional de Atletas - o nadador Leonardo de Deus - e 70 clubes de todo o país. Por divergências sobre quem estava em dia ou inadimplente perante à CBDA, os clubes foram divididos em duas urnas, sendo 47 adimplentes e 23 não. 
No cômputo geral, Miguel Cagnoni teve 64 votos, sendo 18 de clubes inadimplentes. A seguir veio Cyro Delgado, com 22 votos mais quatro de clubes inadimplentes, somando 26. Por fim, Jefferson Borges ficou com três votos. 
Parabéns à toda comunidade aquática. Os funcionários da CBDA parabenizam os envolvidos e desejam boa sorte neste novo quatriênio. 

Por Eliana Alves / Souza Santos / Mariana de Sá




Nenhum comentário: